Tubarão sobe uma posição no Ranking das Melhores Cidades para Fazer Negócios

O município de Tubarão é o terceiro colocado de Santa Catarina no Ranking das Melhores Cidades para Fazer Negócios. A cidade aparece atrás apenas de Florianópolis e Itajaí no estudo produzido anualmente pela Urban Systems para a revista Exame.

 

A pesquisa, que está na sexta edição, analisa o potencial de desenvolvimento econômico das cidades, considerando as com as melhores oportunidades para se investir, além de fazer um recorte dos melhores municípios em desenvolvimento econômico, desenvolvimento social, infraestrutura e capital humano. Por premissa da pesquisa, foram considerados os municípios com mais de 100 mil habitantes em 2018, dessa forma, 317 municípios, do total de 5.570 municípios do país foram avaliados e novamente, entre as 10 primeiras posições, estão apenas municípios das regiões Sudeste e Sul.

 

No ano passado, Tubarão apareceu em quarto lugar na mesma pesquisa e a ascensão foi comemorada pela administração municipal que atribui a evolução a um conjunto de fatores que coloca a cidade no mapa das mais desenvolvidas do país.

 

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Giovani Bernardo explica que a cidade está, de fato, fazendo movimentos que geram visibilidade, fazendo-a crescer em diversos índices. “Esse crescimento no ranking foi gerado por diversas iniciativas, que, somadas, geram impactos muito positivos e visíveis”, acredita.

 

Alguns pontos são destacados pelo secretário: “A cidade está com muitos projetos imobiliários em andamento. Só para citar um exemplo, em uma ação realizada na semana passado, a Costa Sul Urbanismo, empresa do Grupo Lumis, vendeu 137 lotes do empreendimento Vilaggio das Pedras em apenas oito horas”, ressalta.

 

A construção da rodovia Ivane Fretta, a idealização do Parque Industrial, o Hub de Saúde, a conclusão do Centro de Inovação e a Lei de Inovação, que estabelece medidas de incentivo e apoio às ações e estratégias de ciência, tecnologia e inovação no ecossistema empresarial, empreendedor, acadêmico e social. “Iniciamos todo o processo em 2017 e está bem adiantado, quase em fase de aplicação prática, e em cidades como Porto Alegre (RS), por exemplo, foi somente há poucos dias que a prefeitura enviou à Câmara de Vereadores o Projeto de Lei para a criação de um fundo municipal de inovação”, compara Giovani.

 

Mais incentivos

 

A desburocratização dos processos é outra iniciativa citada por Giovani como fator preponderante ao desenvolvimento econômico. Em 2018, a cidade criou o ‘Tubarão mais Fácil’, um dos vários braços do programa Tubarão 180º, busca estimular o empreendedorismo através da simplificação das etapas necessárias para aberturas de empresas, fortalecendo a economia do município e criando um ambiente favorável a geração de emprego e renda.

 

A facilidade da abertura de empresas foi elogiada, recentemente, pelo presidente do Conselho de Administração da Scherer Auto-Peças, Jayme Scherer. A empresa que tem sede em Joaçaba, abriu em Tubarão sua 18ª unidade, gerando mais de 50 empregos diretos. Seu Jayme, na festa da inauguração da empresa, saudou a prefeitura pela agilidade nos procedimentos burocráticos necessários para a abertura da empresa no município. “Foi uma das melhores cidades em que nosso grupo se instalou. Todos os processos foram rápidos e batemos, em poucos meses, a meta de vendas”, comemorou.

 

Graças ao ‘Tubarão mais Fácil’, o município recebeu no início de novembro, o certificado de Cidade Amiga do Empreendedor, reconhecimento do Sebrae-SC e do Governo do Estado aos municípios que se destacaram em ações de desburocratização e simplificação para abertura de empresas. “Quando o Poder Público não atrapalha ele já está ajudando a iniciativa privada. Ao simplificarmos o processo nós agilizamos o retorno de tudo aquilo que a empresa pode gerar, os empregos, as rendas e os tributos”, constata o prefeito Joares Ponticelli.

 

Eventos também geram visibilidade

 

A área de eventos também ganha impulso e contribui para inserir Tubarão no cenário de desenvolvimento. Eventos como o Innovation Summit, além de atraírem grande público à cidade, começam a se tornar referência. O evento foi citado no relatório do ecossistema de inovação de Santa Catarina, elaborado pelo Distrito Santa Catarina Tech Report, plataforma de inovação para startups, empresas e investidores. No relatório, o ISummit é citado como o maior festival de inovação, conhecimento, interação e tecnologia do sul de Santa Catarina.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *